#pandemiacritica em alto e bom tom

A n-1 edições está disponibilizando em seu site a coletânea de textos #pandemiacritica. A ideia é fazer circular pensamentos surgidos no calor dos acontecimentos.

"Trata-se de explorar, ainda que intuitivamente, como esse evento mundial nos chega, perturba, atordoa, chacoalha, e talvez também abra brechas. Alguns dizem que depois disso nada será como antes. Numa era que parecia ter esgotado sua imaginação política, quiçá só uma pancada virótica seja capaz de nos despertar."

Gisele Asanuma leu em voz alta cada um desses textos, que você pode ouvir clicando nos links a seguir:

103. Espectros da catástrofe, de Peter Pál Pelbart.
 
102. Estamos entrando na era da extinção, de Franco "Bifo" Berardi.
 
101. Nossa humanidade, de João Perci Schiavon.
 
100. Neoviralismo, de Jean-Luc Nancy.
 
99. Um discurso de formatura com a mão esquerda, de Ursula K. Le Guin.
 
98. Para uma libertação do tempo: reflexão sobre a saída do tempo vazio, de Antonin Wiser.
 
97. Tempos pandêmicos e cronopolíticas, de Rodrigo Turin.
 
96. Exus e xapiris: perspectiva améfricana e pandemia, de Tadeu de Paula Souza.
 
95. Código da ameaça: trans; classe de risco: preta, de Mariah Rafaela Silva.
 
94. Kutuzov: por uma estratégia destituinte hoje, de Stéphane Hervé e Luca Salza.
 
93. Os afetos na pandemia: algumas considerações filosóficas e psicanalíticas, de Iasmin Martins.
 
92. O compartilhamento de cuidado em tempos de pandemia: isolamento social com crianças, de Nicole Xavier Meireles.
 
91. Uma carta de um lugar de minha mente, de James Baldwin.
 
90. Xawara - O ouro canibal e a queda do céu, de Davi Kopenawa.
 
89. Posfácio a "Ideias para Adiar o Fim do Mundo", de Aliton Krenak, de Eduardo Viveiros de Castro.
 
88. Não consigo respirar, de Raoul Peck.
 
87. Fabulações políticas de um povo preto porvir, um devir-quilombista de uma manifestação em tempos de pandemia, de Jorge Vasconcellos.
 
86. Revertendo o novo monasticismo global, de Emanuele Coccia.
 
85. "E daí? Todo mundo morre." A morte depois da pandemia e a banalidade da necropolítica, de Hilan Bensusan.
 
84. Sobre o cooperacionismo: um fim à praga econômica, de Bernard E. Harcourt.
 
83. Coexistência e co-imunismo, de Sam Mickey.
 
82. Afro-anarquismo, malandragem e preguiça, de Renato Noguera.
 
81. O preço das coisas sem preço, de David Le Breton.
 
80. O fantasma do acadêmico inútil: pensamento crítico em tempos de coronavírus, de Ghassan Hage.
 
79. Não vai passar, de Camila Jourdan e Acácio Augusto.
 
78. A palavra enquanto, de Helga Fernández, Victoria Larrosa e Macarena Trigo.
 
77. O racismo anti-negro funciona da mesma maneira que um vírus, de Achille Mbembe.
 
76. Rumos da universidade pública, de Colegiado do bacharelado em História - Memória e Imagem da Universidade Federal do Paraná.
 
75. Cara colega de Universidade, de Bruna Moraes Battistelli.
 
74. A história é parecida com isso: os Estados Unidos, o mundo e o capitalismo, de Paul Mattick Jr.
 
73. O trem que não partiu, de Henry Burnett.
 Você pode assistir à interpretação da Osesp mencionada por Burnett aqui: Osesp apresenta: "O Trenzinho do Caipira", de Heitor Villa-Lobos

72. A comunidade dos abandonados: uma resposta para Agamben e Nancy, de Divya Dwivedi e Shaj Mohan
 
71. A morte, de Andreza Jorge
 
70. Réquiem para os estudantes, de Giorgio Agamben
 
69. Entre a asfixia e o transe: a conspiração do vivo, de Murilo Duarte Costa Corrêa
 
68. Nós nos tornamos um vírus para o planeta, de Philippe Descola
 
67. O vírus nas favelas de São Paulo, de Ferréz
 
66. Carta dirigida aos meus amigos brancos que não veem onde está o problema, de Virginie Despentes
 
65. Um país esgotado, de Moacir dos Anjos
 
64. Moquecar (n)a pandemia, de Rafael Guimarães
 
63. O que está acontecendo no Brasil é um genocídio, de Eduardo Viveiros de Castro (lido por Paula Chieffi)
 
62. Esta loucura tem que acabar, de Kay Sara
 
61. Isto é um ensaio geral?, de Bruno Latour (lido por Paula Chieffi)
 
60. Corpo-vetor e corpo-utópico, de Daniela Lima
 
59. Curados até o fim, de Roberto Esposito (lido por Paula Chieffi)
 
58. Exceção vira, de Jean-Luc Nancy
 
57. I'm alive ou I'm a live?, de Renan Marcondes
 
56. Partilhas sensíveis e essenciais em tempos pandêmicos [Ou, quando poderemos novamente ir ao teatro sem medo?], de Marina Guzzo
 
55. Quarentena solidária, de Manuela Samir Maciel Salman e Amirah Adnan Salman (lido por Paula Chieffi)
 
54. Pandemia de desigualdades, de Pâmela Carvalho
 
53. Cem anos de crise, de Yuk Hui (lido por Paula Chieffi)
 
52. Capitalismo, reprodução e quarentena, de Silvia Federici
 
51. Quanto estamos separados, não estamos sozinhos, de Fred Moten e Stefano Harney
 
50. 2020 e outros poemas, de Alberto Martins (lido por Paula Chieffi)
 
49. Vigiar o passado e o futuro através do vírus, de Eyal Weizman
 
48. Pandemia, paranoia e política, de Roberto Calazanas e Christiane Matozinho (lido por Paula Chieffi)

47. De pé na mão, de Nina DeLudemann
 

45. Para além do colapso: três meditações sobre um possível depois, de Franco Bifo Berardi
 
44. Foucault: os últimos dias, entrevista com Daniel Defert

43. Os morcegos e os pangolins se rebelam, entrevista com Frédéric Keck
 
42. O que importa agora é a cultura da vida, não a cultura da morte, Zé Celso entrevistado por Eduardo Maretti
 
41. Corpo isolado, revolta e poesia, de Salvador Schavelzon

40. Agora somos todos Índios, de Bruce Albert


39. Documento final do Acampamento Terra Livre 2020


38. O estranho silêncio antes da tempestade, de Franco "Bifo" Berardi


37. Traços humanos nas superfícies do mundo, de Judith Butler


36. Saco plástico na cabeça: a gambiarra na pandemia, de Sabrina Sedlmayer


35. Contra quem se vingam os animais?, de Juliana Fausto


34. Uma boa oportunidade?, de Jacques Rancière


33. Do tempo, de Ailton Krenak


32. Palavras sapienciais, de Lelê Teles


31. Coronavírus, a fase atual e o futuro: entrevista com Antonio Negri


30. A peste e o fim dos tempos, de Fabián Ludueña Romandini


29. Notas sobre o coronavírus e a sobrevivência das espécies, de Evando Nascimento


28. Atravessar como Medusas contra as coordenadas dos Heróis, de Alana Moraes


27. Dissecando o autoritarismo relutante e capacitista frente ao coronavírus no Brasil, de Francisco Ortega e Michael Orsini


26. A clausura ante o vírus versus o desejo colonial por expansão, domínio, devassidão, de Tatiana Nascimento


25. Contingência, solidão, interrupção: ideias isoladas sobre um tempo com o qual não contávamos, de Eduardo Pellejero


24. A pandemia e o capitalismo numérico, de José Gil


23. Yanomami: mortos sem sepultura, de Bruce Albert


22. Para além da calamidade, de Camila Jourdan


21. Políticas de desaparecimento e niilistmo de Estado, de Jonnefer Barbosa


20. O inimigo não é o vírus, de Clara Barzaghi


19. Contágio social: coronavírus, China, capitalismo tardio e o "mundo natural" (partes I e II), de coletivo Chuang




18. O vírus é uma força anárquica de metamorfose, de Emanuele Coccia


17. O direito universal à respiração, de Achille Mbembe


16. O devir otaku do mundo, de Christine Greiner


15. Guerra e pandemia: produção de um inimigo invisível contra a vida livre, de Acácio Augusto


14. COVID-19: o século XXI começa agora, de Jérôme Baschet


13. Epidemiologia política, de Danichi Hausen Mizoguchi e Eduardo Passos


12. O Haiti é aqui o Haiti não é aqui, de Stella Senra


11. Um tiro em mim: quando ficar em casa é também estar em perigo, de I


10. O vírus americano, de Brian Massumi


9. Breve diário pandêmico, de Maria Cristina Franco Ferraz


8. Comunavírus, de Jean-Luc Nancy


7. Imaginar gestos que barrem o retorno da produção pré-crise, de Bruno Latour


6. Aprendendo do vírus (partes I e II), de Paul B. Preciado




5. Lavar as mãos, descolonizar o futuro, Denise Bernuzzi de Sant'Anna


4. Monólogo do vírus, anônimo


3. Bem-vindo ao estado suicidário, de Vladimir Safatle


2. Crônica da psicodeflação (partes I, II e III), de Franco Bifo Berardi






1. O medo, de José Gil