Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2020

Ver apesar de tudo

Imagem
O seguinte artigo de Eduardo A. A. Almeida foi publicado originalmente no jornal Correio Popular. Na sequência, Gisele D. Asanuma lê um capítulo do livro "Assim foi Auschwitz". Já li uma porção de coisas sobre o holocausto judeu na 2ª Guerra Mundial, ou Shoah, em hebraico. Não porque sou aficionado pelo assunto, mas porque qualquer pessoa com um mínimo de sensibilidade e interesse histórico naturalmente se depara com livros, filmes, notícias, obras de arte, exposições, que de alguma maneira mantêm vivo aquele acontecimento. Há pouco li Cascas , misto de relato poético e ensaio produzido pelo filósofo e historiador da arte francês Georges Didi-Huberman após sua visita aos campos de Birkenau, hoje parte do museu de Auschwitz-Birkenau, na Polônia, onde colheu fotografias, impressões – de início intuitivas – e cascas de bétulas. Essas árvores são as poucas testemunhas remanescentes do genocídio perpetrado pelos nazistas naquele empreendimento sociopolítico que perseguiu jude

E-books gratuitos para a #quarentenaliterária

Imagem
Por que a Lua brilha , de Eduardo A. A. Almeida, pode ser baixado gratuitamente até o próximo sábado, 11 de abril. Basta clicar aqui e acessar o site da Amazon. O autor também participa da 10ª coletânea do Núcleo de Dramaturgia do SESI - British Council . São ao todo 12 peças de escritores brasileiros contemporâneos, publicadas em dois volumes.  Basta clicar e baixar os e-books:  Volume 1 e Volume 2 Baixe agora mesmo e ajude a espalhar a notícia da  #quarentenaliterária . Boa leitura!